Publicado em 03/09/21

Fatos que comprovam que você já está pronto para sair de casa

Sair da casa dos pais ou deixar de dividir o apartamento com amigos é uma ideia empolgante e assustadora. É claro que, depois de uma certa idade, o desejo de morar sozinho começa a ficar cada vez mais frequente. 

 

 Porém, deixar o conforto da casa dos pais, por exemplo, é um grande passo na vida de todos. A grande maioria fica com medo de não conseguir bancar as próprias contas, ou até mesmo se planejar para os imprevistos domésticos.

 

Ficar inseguro neste momento é normal, afinal é uma nova situação para se acostumar. Por isso, além de uma sincera análise da sua vida financeira e emocional, há uma série de fatores que devem ser levados em consideração. Para te dar uma ajudinha, listamos alguns 

fatos que mostram se você está pronto para dar esse importante passo, confira:

 

1 – Você já se perguntou o porquê?

 Antes de partir para as questões mais práticas, é importante se questionar qual o motivo por trás dessa decisão. É claro que todos querem sua independência em algum momento, mas é importante avaliar se é o melhor momento para isso.

 

 É claro que liberdade, privacidade e independência são importantes, mas não esqueça de pesar bem cada um dos fatores para que não se arrependa depois. Converse com amigos ou parentes que vivem sozinhos para saber como isso funciona na prática. 

 

É válido também, fazer uma lista com todos os motivos para que você consiga visualizar mais claramente todos os pontos antes de tomar essa decisão e dar um passo tão importante. 

 

2 – Você sabe administrar suas finanças? 

É importante ter em mente os custos que irão surgir. Além dos gastos do novo imóvel , e claro, com a mudança, você deve ter em mente outros gastos – alguns inclusive permanentes – que estão inclusos neste pacote. Quer uma ajuda? 

 Listamos alguns para você:

  • Contas de água e luz;
  • Alimentação;
  • Transporte;
  • Produtos de limpeza;
  • Móveis e eletrodomésticos.

 

 E esses são apenas alguns que você terá ao decidir morar sozinho, mas saiba que, ao longo do tempo você deve estar preparado para outros gastos que surgirão de forma inesperada. Por essa razão, é extremamente necessário que você saiba muito bem administrar as suas finanças antes de sair de casa. 

 

 Você consegue controlar bem o seu dinheiro? Consegue poupar seu dinheiro de forma responsável? Manter o pagamento de contas como faturas de cartão, contas de celular, entre outras, em dia? Esses são sinais de que você já possui uma certa maturidade financeira, o que é essencial para esse próximo passo na sua vida.

 

3 – Você sabe ficar sozinho?

 Outro fator importante na hora de pensar em sair de casa e que deve ser levado em consideração é o fato de ficar sozinho. Por mais que você possa receber visitas, chamar seus amigos ou dar festinhas, é importante estar ciente de que existirão muitos momentos que serão apenas você com você.

 

 É claro que no começo isso pode parecer empolgante, principalmente se você é alguém que preza por sua paz e liberdade. Mas é bem provável que existirão alguns momentos de solidão, o que pode ser algo bastante assustador para algumas pessoas.

 

 Por isso, é importante considerar se você está preparado para conviver com esse sentimento às vezes. Mas calma, vale lembrar que você também pode contar com outras opções, como um animalzinho de estimação, por exemplo. Mas com isso, não esqueça de colocar nos cálculos esse pequeno companheiro como um novo custo, além de considerar se terá tempo para se dedicar a ele.

 

4 – Imprevistos acontecem.

 Você é uma pessoa que sabe lidar bem com imprevistos? Não se esqueça que morar sozinho envolve muita responsabilidade, e tenha em mente que você será surpreendido com todos os tipos de imprevistos que pode – ou não – imaginar.

 

 Um chuveiro ou lâmpada queimada, o gás que acabou, um cano estourado. Esses são apenas alguns dos imprevistos que podem surgir durante essa nova jornada, e é importante lembrar que todos eles envolvem um gasto extra. 

 

 Todas essas situações podem causar muita dor de cabeça, e por isso é importante considerar que você tenha, não apenas condições financeiras para lidar com esses imprevistos, como também emocionais. 

 

5 – O lugar perfeito

 Tomando a decisão de se mudar, agora é hora de decidir, talvez, o mais importante: para onde?

 

  Você deve levar em consideração uma série de fatores, como a localização, por exemplo. Um local próximo do seu trabalho pode lhe poupar tempo e dinheiro. Próximo a sua família pode passar mais segurança. Avalie bem todas as opções para escolher qual é a melhor para o momento atual da sua vida.

 

 É preciso decidir também tudo sobre o imóvel. Você precisa de um local grande? Quantos quartos? É necessário vaga de garagem? Uma área de lazer pode lhe proporcionar uma melhor qualidade de vida. 

 

Se após todas essas dicas você percebeu que realmente está na hora de encontrar um lugar só pra você, nós ficamos felizes em te ajudar a encontrar o espaço perfeito. Já pensou em realizar dois sonhos de uma vez só, morar sozinho e na sua casa própria? Para isso, a AP Ponto possui diversas opções de empreendimentos, que você pode conferir clicando aqui, com as melhores condições de pagamento.

 

 Inclusive você sabia que é possível comprar um apartamento sem possuir o valor total da entrada? Você pode ler mais sobre isso e conferir outras dicas sobre como comprar o seu primeiro apartamento, finanças e imóveis no nosso blog clicando aqui